Tag Archive | curiosidades

Seja gentil!

Eu também preciso aprender!!

Iniciando a subversão…

Chinês se envia pelo correio para namorada e quase morre sufocado

Imagem mostra o chinês ainda dentro da caixa após a surpresa quase ter se transformado em tragédia

Um jovem chinês passou sufoco ao tentar surpreender a namorada se enviando pelo correio como presente na cidade de Chongqing, no sul da China. Contando com o auxílio de um amigo, Hu Seng, se fechou em uma caixa para ser enviado pelo correio para o local de trabalho de sua namorada.No entanto, a brincadeira quase virou tragédia quando o serviço postal local se equivocou sobre o endereço e atrasou em mais de duas horas a entrega, que deveria ser feita em 30 minutos.No momento em que a caixa chegou ao destino, onde outro amigo esperava com uma câmera pronto para registrar a surpresa, Seng já estava desmaiado e precisou da ajuda de paramédicos para sobreviver. “Eu não sabia que ia demorar tanto”, disse Seng. “Eu tentei fazer um buraco no papelão, mas era muito grosso e eu não quis estragar a surpresa gritando”.Um porta-voz do serviço postal local afirmou que a encomenda não teria sido aceita se o jovem tivesse avisado com antecedência. “Mesmo quando aceitamos animais eles precisam ir em contêineres especiais para que possam respirar”, disse o porta-voz.

As informações são do site do jornal britânico Daily Mail

via Chinês se envia pelo correio para namorada e quase morre sufocado.

Mãe rouba mais de 500 jogos de videogame para dar para os filhos

Em um ano, a australiana Rebecca Margaret Johnson afanou 515 títulos para consoles e vários equipamentos eletrônicos.

Rebecca Margaret Johnson, de 32 anos, foi presa na Austrália após tentar roubar mais de 2,5 mil dólares australianos em uma loja de departamentos na cidade de Queensland.

De acordo com o site Kotaku, as autoridades revistavam o apartamento de Rebecca para averiguar mais evidências quando descobriram um verdadeiro um paraíso gamer, com centenas de jogos de videogame roubados. Ao longo de um ano, a mulher, que é mãe solteira de três filhos, furtou 515 títulos para consoles e vários equipamentos eletrônicos de revendedores locais.

Rebecca foi declarada culpada na Corte de Magistrados de Ipswich com 41 acusações de roubo, fraude e posse ilegal de bens. Por ser ré primária, a mãe foi condenada a dois anos em liberdade condicional e 200 horas de serviços comunitários.

A questão é: essa seria a melhor mãe do mundo?

via Olhar Digital: Mãe rouba mais de 500 jogos de videogame para dar para os filhos.

Conheça a primeira cidade do mundo vinculada ao Wikipédia

A cidade de Monmouth, no País de Gales, tornou-se a primeira cidade do mundo integrada com a Wikipédia. O Monmouthpedia, lançado oficialmente no último sábado (19/05), promoveu a instalação de placas com QR Codes em diversos locais para que os visitantes pudessem abrir os artigos correspondentes em vários idiomas na enciclopédia livre.

Monmouthpedia cria integração entre locais da cidade e a Wikipédia (Foto: Reprodução)

Foram necessários seis meses para que o projeto começasse a se tornar realidade. O conceito basicamente girou em torno da instalação de uma cobertura Wi-Fi por toda a cidade, além da criação dos textos explicativos e traduções com a ajuda dos moradores e voluntários.

QR Codes são impressos em placas de cerâmica (Foto: Reprodução)

Mais de 200 empresas, diversas universidades, escolas e grupos comunitários participam do projeto atualmente, ao lado dos museus e instituições parceiras da Wikipédia. A cidade já conta com mais de mil QR Codes em localidades diferentes, impressos em placas de cerâmica.

O líder e idealizador da Monmouthpedia, John Cummings, explica que iniciou o conceito porque acredita que o conhecimento pode ajudar a contextualizar as pessoas, permitindo que elas apreciem melhor as coisas ao redor.

Sob o ponto de vista prático, a integração tecnológica e colaborativa visa contribuir para a atualização rápida e constante de conteúdo, ao contrário do que ocorre com guias e mapas tradicionais.

via Conheça a primeira cidade do mundo vinculada ao Wikipédia – Notícias – TechTudo.

Óculos maneiro esse do Google

Como seria um óculos de realidade aumentada? Essa é a versão do Google. Ainda não se sabe quando entrará em produção, mas é muito maneiro.

Como não poderia deixar de ser, sempre tem alguém para zuar a parada. Então, já fizeram um vídeo de como seria o óculos do Google com um monte de propagandas que sempre tem nas páginas do Google.

O Tempora, O Mores: Verdades e Mitos sobre a Páscoa

Por Augustus Nicodemus Lopes

Nesta época do ano celebra-se a Páscoa em toda a cristandade, ocasião que só perde em popularidade para o Natal. Apesar disto, há muitas concepções errôneas e equivocadas sobre a data.

A Páscoa é uma festa judaica. Seu nome, “páscoa”, vem da palavra hebraica pessach que significa “passar por cima”, uma referência ao episódio da Décima Praga narrado no Antigo Testamento quando o anjo da morte “passou por cima” das casas dos judeus no Egito e não entrou em nenhuma delas para matar os primogênitos. A razão foi que os israelitas haviam sacrificado um cordeiro, por ordem de Moisés, e espargido o sangue dele nos umbrais e soleiras das portas. Ao ver o sangue, o anjo da morte “passou” aquela casa. Naquela mesma noite os judeus saíram livres do Egito, após mais de 400 anos de escravidão. Moisés então instituiu a festa da “páscoa” como memorial do evento. Nesta festa, que tornou-se a mais importante festa anual dos judeus, sacrificava-se um cordeiro que era comido com ervas amargas e pães sem fermento.

Jesus Cristo foi traído, preso e morto durante a celebração de uma delas em Jerusalém. Sua ressurreição ocorreu no domingo de manhã cedo, após o sábado pascoal. Como sua morte quase que certamente aconteceu na sexta-feira (há quem defenda a quarta-feira), a “sexta da paixão” entrou no calendário litúrgico cristão durante a idade média como dia santo.

Na quinta-feira à noite, antes de ser traído, enquanto Jesus, como todos os demais judeus, comia o cordeiro pascoal com seus discípulos em Jerusalém, determinou que os discípulos passassem a comer, não mais a páscoa, mas a comer pão e tomar vinho em memória dele. Estes elementos simbolizavam seu corpo e seu sangue que seriam dados pelos pecados de muitos – uma referência antecipada à sua morte na cruz.

Portanto, cristãos não celebram a páscoa, que é uma festa judaica. Para nós, era simbólica do sacrifício de Jesus, o cordeiro de Deus, cujo sangue impede que o anjo da morte nos destrua eternamente. Os cristãos comem pão e bebem vinho em memória de Cristo, e isto não somente nesta época do ano, mas durante o ano todo.

A Páscoa, também, não é dia santo para nós. Para os cristãos há apenas um dia que poderia ser chamado de santo – o domingo, pois foi num domingo que Jesus ressuscitou de entre os mortos. O foco dos eventos acontecidos com Jesus durante a semana da Páscoa em Jerusalém é sua ressurreição no domingo de manhã. Se ele não tivesse ressuscitado sua morte teria sido em vão. Seu resgate de entre os mortos comprova que Ele era o Filho de Deus e que sua morte tem poder para perdoar os pecados dos que nele creem.

Por fim, coelhos, ovos e outros apetrechos populares foram acrescentados ao evento da Páscoa pela crendice e superstição populares. Nada têm a ver com o significado da Páscoa judaica e nem da ceia do Senhor celebrada pelos cristãos.

Em termos práticos, os cristãos podem tomar as seguintes atitudes para com as celebrações da Páscoa tão populares em nosso país: (1) rejeitá-las completamente, por causa dos erros, equívocos, superstições e mercantilismo que contaminaram a ocasião; (2) aceitá-las normalmente como parte da cultura brasileira; (3) usar a ocasião para redimir o verdadeiro sentido da Páscoa.

Eu opto por esta última.

via O Tempora, O Mores: Verdades e Mitos sobre a Páscoa.

Mau humor faz bem para o cérebro – Ciência Maluca

Quem não acorda achando a vida uma droga e as pessoas todas muito chatas de vez em quando, né? Mas se preocupe não — de acordo com pesquisadores australianos, até essa negatividade toda tem seu lado bom: faz a gente raciocionar melhor.

Em comparação aos tipos irritantes alegrinhos, os mal humorados são mais atentos, menos influenciáveis e especialmente cuidadosos na hora de tomar decisões.

É o que aponta um estudo feito na Universidade de New South Wales (Austrália), que colocou voluntários para assistir a filminhos especialmente escolhidos para deixá-los de bom ou mau humor, e depois observou como eles se saíam em uma série de testes de raciocínio lógico.

Segundo o líder da pesquisa, Joe Forgas, os ranzinzas cometeram menos erros e se comunicaram melhor — especialmente quando escreviam. Tudo indica que o mau humor potencializa as estratégias de processamento de informações do cérebro. Ponto pra ele.

via Mau humor faz bem para o cérebro – Ciência Maluca.

Que tal uma experiência com gravidade zero?

Alguns malucos pagaram uma grana para ter uma experiência em gravidade zero. E você, iria? Reparou um cara com a bandeira do Vasco?

Que tal a Terra de noite vista da ISS?

Maravilhoso… Deus é simplesmente fantástico!!!

%d blogueiros gostam disto: